.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Chamas pouparam Parque do Gerês

O incêndio florestal que está a lavrar na Encosta do Gião, em Arcos de Valdevez, não afectou área do Parque Nacional da Peneda-Gerês, informou a Protecção Civil de Viana do Castelo.

O segundo comandante distrital, Robalo Simões, garantiu à Lusa que, ao contrário do que consta no site da Autoridade Nacional de Protecção Civil, aquele incêndio "está fora" do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).

O incêndio deflagrou pelas 13:27 e ainda não está circunscrito, consumindo apenas mato, numa área ainda não quantificada. Também não há qualquer habitação em perigo.

O fogo está a ser combatido por nove bombeiros e duas viaturas, além de se encontrarem ainda no local uma equipa de Sapadores Florestais e outra do Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro (GIPS) da GNR.

"Tinha duas frentes activas, mas neste momento já só tem uma", disse ainda Robalo Simões, acrescentando que o principal problema tem a ver com a dificuldade de acesso de viaturas à zona das chamas.

Começou o calor, começam os incêndios, para muitos dizem que os incendios nestas alturas têm a haver com as altas temperaturas para a epoca e que provocam uma degradação nas plantas levando-as à seca e com o calor e a radiação a insidir provocam o incêndio.

No meu ponto de vista estes são provocados por mão humana e que nestas alturas quer sejam ondas de calor quer seja o tempo habitual se houver incêndios é por mão humana.

Estes que os praticam não têm respeito nem pela Natureza, nem pelas outras pessoas e não têm qualquer tipo de respeito por eles mesmo porque ao matar-mos arvores detriuramos o ambiente e a sua qualidade nomeadamente a do ar, no entanto não vêm isso.

O Critica na Rede pede a todos muita cautela e que a cima de tudo guardem as suas zonas florestais, se virem incêndios contactem as autoridades mais proximas, se virem lixo no chão se puderem apanhar optimo caso contrario contactem as Camaras Municipais, nomeadamente o pessoal do Departamento do Ambiente, porque necessitamos das florestas e porque são elas que nós dão a vida.

 

 

                                                  Ricardo Vieira

publicado por Ricardo Vieira às 20:58
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds