.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

Ministra da Educação anuncia três mudanças no processo de avaliação

A ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues, anunciou esta quinta-feira mundanças no sistema de avaliação dos professores. Mário Nogueira, da FENFROP, disse, à SIC, que continua a defender a suspensão da avaliação e João Dias da Silva, dirigente da FNE, avançou, na RTPN, que não há razões para desconvocar a greve nacional marcada para 3 de Dezembro.

São três as alterações propostas pela tutela, a saber: avaliadores por área disciplinar; exclusão das notas dos alunos dos parâmetros da avaliação e redução de aulas assistidas por avaliadores.

Justificando as alterações propostas para resolver os "problemas relacionados com o excesso de burocracia e a sobrecarga de trabalho dos docentes", a ministra da Educação sublinhou que, no processo de avaliação de desempenho,  os professores podem agora ser avaliados por outros profissionais da área curricular correspondente ao avaliado.   

Os resultados escolares dos alunos deixarão também de constituir um parâmetro da avaliação dos professores, por se ter constatado que este critério "revelou dificuldades técnicas e de aplicação".

Entre as medidas de simplificação anunciadas, após reunião extraordinária do Conselho de Ministros, está ainda a redução do número de aulas assistidas de três para duas, que, ainda assim, só se realizarão por solicitação dos docentes, apesar de serem imprescindíveis para a obtenção das classificações máximas.

A ministra anunciou também que já convocou os sindicatos dos professores para reuniões na sexta-feira sobre a avaliação de desempenho.

A Federação Nacional dos Sindicatos da Educação (FNE) será recebida às 14:30, a Federação Nacional dos Professores (Fenprof) foi convocada para as 16:00 e a Federação Nacional do Ensino e Investigação (FENEI) irá ao Ministério às 17:30.

tags:
publicado por Ricardo Vieira às 20:00
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds