.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

Cavaco atento aos problemas dos militares

O Presidente da República, Cavaco Silva, considerou que os militares são "um pilar fundamental" da democracia e afirmou a sua "confiança" no Governo para resolver "as preocupações" no sector.

"Tenho acompanhado a situação e sei muito bem que as chefias militares têm prestado atenção às preocupações (...) sei que o Governo está a estudar todas as soluções e estou confiante que haja uma solução para os problemas", afirmou o chefe de Estado aos jornalistas, no final da sessão solene de abertura do ano lectivo na Escola Naval do Alfeite.

"As Forças Armadas são um pilar do Estado democrático (...) eu conheço as preocupações e os problemas dos militares, neste momento sei que eles estão a ser analisados, eu tenho de ser um elemento que contribui para a estabilidade e estou confiante que haverá uma solução", advogou Cavaco Silva, nomeando como "preocupações" algumas das questões levantadas pelas associações militares, como a  "assistência na doença" e a "comparação com outras carreiras na administração pública".

Naquela que foi a sua 15ª visita a uma unidade militar, o Presidente da República elogiou ainda o trabalho e o papel das forças destacadas no exterior para a "afirmação" do país e sublinhou a "especificidade" da condição militar.

"Eu tenho visitado frequentes vezes unidades das nossas Forças Armadas e tenho constatado o profissionalismo e a competência dos nossos militares, vale a pena ter presente o contributo das missões de militares no estrangeiro para a afirmação de Portugal e para o reforço da acção externa do país", defendeu.

"É preciso ter sempre presente, a todo o momento, a especificidade da carreira militar, de que fazem parte sacrifícios, renúncias e exigências especiais que são colocadas aos militares, que não pode ser confundida com qualquer outra carreira da administração pública", acrescentou Cavaco Silva.

Sobre a sessão de abertura do ano lectivo da Escola Naval do Alfeite e o encerramento das 'Jornadas do Mar' - que este ano tiveram como tema "O Oceano - Riqueza para a Humanidade!" -, o Presidente da República e comandante supremo das Forças Armadas assegurou que tem "procurado manter contactos frequentes" com os militares.

tags:
publicado por Ricardo Vieira às 20:39
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds