.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Dívida portuguesa aumenta ao ritmo de 2,5 milhões por hora

O nosso país já atingiu o limite de endividamento previsto para 201. A bolsa de valores de Lisboa está em queda e os mercados dão sinais de crescente nervosismo.

Faltam três meses e meio para o final do ano e o nosso país já atingiu o limite de endividamento previsto. Portugal está em dificuldades para cumprir o défice público previsto de 7,3 por cento e colocou esta semana no mercado mais 117,5 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro do que o desejado (750 milhões de euros), mas a procura por dívida portuguesa caiu e o preço exigido pelos investidores aumentou.

A um mês para a apresentação do Orçamento de Estado para 2011, a bolsa de valores de Lisboa está em queda e os mercados dão sinais de crescente nervosismo. A comprovar isso, os juros crescentes na emissão de dívida e a dificuldade de conseguir financiamento com o nosso país a recorrer ao banco Central Europeu.

O Presidente do ISEG, João Duque, afirmou que Portugal aumentou em 25 por cento o ritmo horário do crescimento da sua dívida em 2010. O economista referiu na TSF que o crescimento da dívida acelerou de 14200 milhões de euros entre Janeiro e Agosto de 2010 contra 11100 milhões registados no mesmo período de 2009.

O presidente do ISEG considera, por isso, provável que o Governo venha a ser obrigado a fazer um Orçamento Retificativo, tal como já aconteceu em 2009.

O deputado social-democrata Miguel Frasquilho considerou "extremamente preocupantes" os números relativos à dívida portuguesa hoje revelados.

"Quero acreditar que a dívida pública possa ficar em linha com aquilo que tinha sido previsto. Mas, mesmo que fique em linha, é um aumento extraordinário e insustentável", acrescentou.

Para este parlamentar do PSD, "não podemos prosseguir neste caminho de endividamento e sempre que há dificuldades aumentamos os impostos o que só ajuda a liquidar a economia e não resolve nenhum problema nem de excesso de despesa nem de endividamento".

publicado por Ricardo Vieira às 22:25
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds