.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

Moody's ameaça reduzir dívida grega a 'lixo', Corte a Portugal é "provável"

 

Pouco tempo depois de a S&P ter colocado o 'rating' da Grécia em BB+, a Moody's alerta que pode fazer o mesmo nas próximas semanas.

A Moody's avisou hoje que poderá cortar o 'rating' da Grécia para 'junk bond' nas próximas quatro semanas, sendo também "provável" que reduza a classificação da dívida portuguesa em um nível, para AA3. Um 'downgrade' de dois níveis, para A1, também é possível, alertou hoje.

A agência de notação financeira justifica o alerta para a Grécia com as más perspectivas económicas do país. Actualmente, a Moody's tem uma nota de A3 para a Grécia mas admite colocar a avaliação abaixo do grau mínimo de investimento, ou seja, no estatuto lixo.

"O mais provável é a migração da nota ser substancial, provavelmente no nível de Baa; mas um ajustamento abaixo de 'investment grade' também é possível", referiram os analistas da Moody's, citados pela Bloomberg. Caso o corte seja desta dimensão representa uma revisão em baixa de quatro níveis.

A Standard & Poor's foi a primeira agência a colocar as obrigações helénicas como 'junk', a que se sucedeu uma reacção negativa dos mercados. Poucos dias depois do corte da agência, o Banco Central Europeu retirou a exigência de um 'rating' mínimo nos colaterais dados pelos bancos para acederem a financiamento.

tags:
publicado por Ricardo Vieira às 22:07
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds