.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Quinta-feira, 6 de Maio de 2010

«Portugal e Grécia não estão no mesmo barco» – Jean-Claude Trichet

O presidente do Banco Central Europeu (BCE) sublinhou, hoje, em Lisboa, que a situação económica portuguesa não é comparável à da Grécia. Mas deixou um aviso:  todos os países devem fazer os ajustamentos económicos necessários.

«A Grécia e Portugal não estão no mesmo barco, os factos e os números mostram-no», afirmou Jean-Claude Trichet, na conferência de imprensa que se seguiu ao conselho de governadores do BCE, levado a cabo em Lisboa.

 

O presidente do BCE frisou que «todos os países devem fazer o ajustamento necessário», exortando os países da Zona Euro a executarem os seus planos de recuperação económica.

 

Ladeado por um português e por um grego – Vítor Constâncio, governador do Banco de Portugal, e Lucas Papademos, vice-governador do BCE - Jean Claude-Trichet disse que os governos europeus devem «assumir as suas responsabilidades» e «dar um sinal de confiança ao mercado». Trichet fez ainda um apelo aos governos europeus para que comprem dívida grega.

 

 

O BCE decidiu manter os juros inalterados em 1%, um mínimo histórico. Trichet afirmou que o BCE irá continuar empenhado em garantir a estabilidade de preços na Zona Euro

tags:
publicado por Ricardo Vieira às 22:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds