.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Sábado, 23 de Janeiro de 2010

A infeliz Tragédia do Haiti

No passado dia 12 de Janeiro de 10 um Terramoto 7,0 na escala Richter atingiu o Haiti, um dos países mais pobres e o país mais pobre de toda a América Central, paraíso de férias para muitos, agora local de choro, destruição, doença e morte. Foi assim que o Haiti ficou ao abalo de terça-feira, passadas quase 2 semanas já se confirmaram mais de 75.000 mortes, mais de 200.000 mil feridos a precisarem urgentemente de ajuda. Ajuda está que não tardou em chegar mas demorou a ser escoada para as ruas da amargura que é o local de muitos milhares de haitianos que tentam sobreviver nas piores condições, em tendas, sem água, luz eléctrica, sem medicamentos, sem alimentos, etc.

As entidades mundiais quer governamentais quer não governamentais estão ajudar o Haiti a voltar à normalidade, os Estados Unidos já enviaram 9.000 soldados para manter a segurança e para fazer escoar o melhor e o mais rápido possível todos os mantimentos e matérias médicos para se puder tratar as pessoas, lembro que não há memoria de tantas amputações desde o século XIX, a falta de produtos médicos levou a um maior numero de amputações. O FMI disse que perdoaria, em princípio, a divida ao Haiti. No entanto, pergunto será que ao perdoarmos as dividas o Haiti conseguirá desenvolver-se e tornar-se num melhor país sozinho?
A resposta é óbvia, não! O Haiti mais que nunca precisa da ajuda internacional, a reconstrução de um país leva sempre tempo, daí dizer que estas catástrofes podem também ser benéficas, ao reconstruirmos um país de raiz podemos fazê-lo de uma maneira mais justa, com melhores sistemas quer a níveis de ensino, saúde, etc., mas também com melhores infra-estruturas, vias de comunicação e com novas ambições e sim depois teremos tempo para chorar aqueles que morreram nesta tragédia.
Outros problemas vão aparecendo como a criminalidade, o tráfico de crianças órfãs, a insegurança das pessoas, etc., são problemas que têm de ser resolvidos o mais urgente possível, não podemos deixar as crianças caírem em redes internacionais de pedofilia. Daí deixo aqui um apelo para que todos possam estar atentos nas redes sociais da internet, em sites que possam vir aparecer com fotos de crianças e que alertem as autoridades e não tenham medo apenas fazem o vosso dever!
Deixo aqui também o meu apelo às entidades Governamentais que perdoem as dividas ao Haiti para que este país possa crescer e prosperar, pois um dias podemos ser nós a precisar dessa ajuda.
 
 
 Ricardo Vieira  
publicado por Ricardo Vieira às 00:06
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds