.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Baião: Hospital nega morte cerebral de ferido grave

Depois de ontem ter vindo a publico as estatísticas sobre as mortes nas estradas portuguesas, hoje, acontece mais um grave acidente que acresce à taxa de mortalidade nas estradas, será que ninguém percebe a gravidade destes problemas, incrível, apenas lamento todos aqueles que morrem e manifesto o meu apoio à aqueles que perderam os seus familiares.

Incrível a falta de cuidado que existe quer pelas entidades reguladoras quer pelas pessoas que não fazem cuidado nenhum para salvaguardar as vidas.

Incrível.

O chefe de equipa dos Cuidados Intensivos do Hospital de São João não confirma a informação - avançada por familiares - de que o jovem de 16 anos envolvido no acidente desta manhã está em morte cerebral. Segundo o Hospital, o jovem está em estado "muito crítico". O primo deste ferido, um rapaz de 15 anos também internado no Hospital de São João, encontra-se em estado estável.
As informações dadas pela família do rapaz de 16 anos internado no hospital de São João e pelo próprio hospital não são coincidentes. O DN chegou a ter informação de que o jovem estaria em morte cerebral, mas o chefe de equipa dos Cuidados Intensivos da instituição desmentiu, dizendo apenas que a vítima se encontra em estado "muito crítico".

Acidente provocou quatro mortos e três feridos graves

Uma colisão entre um veículo ligeiro e um comboio ocorrida cerca das 6:00, numa passagem de nível sem guarda na Linha do Douro, em Baião, provocou quatro mortos e três feridos graves.

O autarca local diz que o acidente deve ter como causa uma distracção do condutor, num local de elevada perigosidade.

No caminho para o hospital de Penafiel, uma ambulância com dois dos feridos sofreu um acidente.

Dois dos feridos graves deram entrada no Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa, em Penafiel, e estão "estáveis" apesar da gravidade dos ferimentos.

Um rapaz de 16 anos, politraumatizado, foi transportado para o Hospital de S. João, no Porto e está em estado "muito crítico", segundo o hospital.

A colisão deu-se no lugar de Ponte Quebrada, freguesia de Santa Leocádia, concelho de Baião.

As vítimas mortais são o presidente da Junta de Freguesia de Santa Leocádia, Manuel Guedes, de 55 anos,  Sérgio Joaquim Vieira Pereira (55 anos), condutor e proprietário do veículo, Manuel Joaquim Monteiro Lucas (67 anos) e Filomena Rosa Rodrigues Carvalho Pereira (63 anos).

No hospital de São João no Porto permanece internado um adolescente de 15 anos em estado estável, primo do jovem de 16 anos em estado crítico. No Hospital Padre Américo, em Penafiel, está uma mulher de 60 anos.

Doentes clinicamente estáveis

Em declarações à Lusa, o director do Serviço de Urgência do Hospital de Penafiel, Paulo Santos, disse que um dos feridos, um jovem de 15 anos, apresenta "traumatismo craniano" mas encontra-se "clinicamente estável".

O segundo ferido que ali deu entrada, uma mulher de 60 anos politraumatizada, encontra-se em "estado grave mas estável".

"Neste momento, ambos estão a fazer exames auxiliares de diagnóstico, encontrando-se sob vigilância clínica", acrescentou, citado pela Lusa.

Local perigoso e distracção fatal

Segundo o presidente da câmara de Baião, em declarações à SIC Notícias, o acidente deve ter ocorrido devido a uma distracção do condutor, mas avisa que a passagem de nível onde se deu o acidente "é perigosa e já devia estar fechada há muito".

Ambulância acidentada e bombeiros feridos

A ambulância que transportava para o Hospital de Penafiel dois dos três feridos graves sofreu um acidente que provocou ferimentos nos três bombeiros que seguiam a bordo.

Fonte da corporação adiantou à Lusa que o acidente ocorreu na portagem (A4) de Guilhufe, Penafiel, no caminho para o Hospital, mas "não agravou a situação dos dois feridos graves que transportava".

"Foi uma colisão lateral na zona da portagem e os três bombeiros ficaram feridos, dois deles ainda estão em observação e um já teve alta", disse à Lusa o 2.º comandante do Bombeiros de Baião, Orlando Rodrigues, que está a coordenar as operações.

De acordo com Orlando Rodrigues, "suspeita-se que um dos bombeiros tenha sofrido uma lesão cervical". O socorro aos bombeiros e aos feridos transportados na ambulância sinistrada foi prestado pela Cruz Vermelha.

O acidente com a ambulância ocorreu a menos de 500 metros do Hospital de Penafiel.

 
publicado por Ricardo Vieira às 22:15
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds