.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

Portugueses ajudam combate às chamas em Espanha

Cerca de quatro dezenas de bombeiros portugueses e diversos meios de combate estão na região espanhola de Cáceres para apoiar às operações de combate aos incêndios que lavram naquele país, anunciou a Protecção Civil.

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) adianta que, no âmbito de protocolo entre Portugal e Espanha para a ajuda mútua no caso de incêndios florestais nas zonas fronteiriças, encontram-se "neste momento em território espanhol 29 bombeiros portugueses e duas equipas da Força Especial de Bombeiros, perfazendo um total de 36 elementos".

As operações no terreno estão a ser apoiadas "por 11 veículos e um helicóptero bombardeiro" português.

Segundo a ANPC, os meios portugueses accionados em apoio às operações de combate a incêndios estão localizados em Cilleros (Cáceres) e "irão permanecer até a situação estar resolvida".

A Espanha é, segundo a agência de notícias francesa AFP, o país mais afectado pelos fortes incêndios que alastram no Sul da Europa, seguida pela França, Grécia e Portugal.

O Governo espanhol mantém inalterado o nível de alerta máximo do risco de incêndios e o Instituto de Meteorologia daquele país coloca oito províncias em estado de alerta laranja devido às altas temperaturas - em média 38º.

Depois de uma semana em que 20 mil hectares foram consumidos pelas chamas, a maioria dos incêndios em Espanha foi controlada ou está em vias de o ser, à excepção de um fogo activo na Extremadura que obrigou à retirada de 500 pessoas durante a madrugada.

Este incêndio, na região de Las Hurdes (centro-oeste), foi controlado no domingo mas reacendeu-se durante a noite, cerca das 03:20 (02:20 em Lisboa) devido a "fortes rajadas de vento", segundo um comunicado do governo regional.

As autoridades regionais pediram hoje mais meios para ajudar os cerca de 400 bombeiros no local.

Outro ponto quente em Espanha é a província de Teruel, em Aragão (nordeste), onde mais de 11.700 hectares arderam na semana passada. Os cinco focos declarados ainda não foram apagados, mas estão controlados, segundo o governo regional.

publicado por Ricardo Vieira às 20:03
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds