.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

Visabeira nega ligação das buscas com Bordalo Pinheiro

Brigada Fiscal e Inspecção Tributária fazem buscas no âmbito do megaprocesso de fraude fiscal e branqueamento de capitais. Administração nega ligação das buscas com aquisição da Bordalo Pinheiro.
 

A Visabeira é um dos grupos alvo de buscas lançadas, hoje, pela Direcção Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) e pela Brigada Fiscal da GNR no âmbito da Operação Furacão. A GNR encontra-se, neste momento, nas empresas em investigação.
 

A empresa Visabeira está a ser alvo de buscas no âmbito do processo conhecido como “Operação Furacão”, que investiga suspeitas de fraude fiscal e branqueamento de capitais. As buscas estão a ser realizadas por elementos da Brigada Fiscal e da Inspecção Tributária. A Polícia Judiciária não está envolvida nas buscas

Em causa, segundo apurou o DN, podem estar novos dados recolhidos na investigação que corre no Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) e que é liderada pelo procurador Rosário Teixeira

Segundo a SIC, O DCIAP suspeita de irregularidades na compra da Bordalo Pinheiro pela Vista Alegre, através da Visabeira. As buscas no grupo Visabeira estão a ser feitas em Viseu e Lisboa.

Os funcionários da empresa em Lisboa terão dito à SIC que cerca de 20 autoridades entraram nas instalações e começaram as buscas.
 

 

Estas buscas estão a incidir sobre as instalações das empresas e também sobre as residências dos seus administradores.

Visabeira nega ligação com aquisição da Bordalo Pinheiro

O vice-presidente da Visabeira, Paulo Varela, referiu à Agência Lusa que, numa deslocação hoje à empresa, "a Inspecção Tributária visou a recolha de informações sobre a Benetrónica", a empresa dedicada ao fabrico e comercialização de componentes electrónicos.

Em comunicado, o grupo Visabeira disse que "a Inspecção Tributária, acompanhada da Unidade Fiscal da GNR, encontra-se a realizar diligências inspectivas no âmbito de uma actividade investigatória que está a levar a efeito relacionada com os exercícios de 2000 a 2005 à Benetrónica, SA".

"É igualmente falso que haja qualquer relação entre tal inspecção e a aquisição da Vista Alegre e da Bordalo Pinheiro, que apenas ocorreu em 2009, quando a inspecção se reporta a exercícios anteriores a 2005", reforça o grupo de Viseu em comunicado lido hoje na sede da empresa.
 

publicado por Ricardo Vieira às 23:20
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds