.posts recentes

. Desabafo

. Um novo Código de Trabalh...

. O Som das Noites em breve...

. BAILOUT OU NÃO, EIS A QUE...

. Governo Português dá "exe...

. SAIR DO EURO

. PORTUGAL NA MODA

. O poder

. Portugal e os oceanos

. Dívida portuguesa aumenta...

.arquivos

. Maio 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

.Quem nos visitou hoje?


contador gratis
Vejo-te a ti No meu coração És aquela que Toca a música Chamada Amor És aquela Que me faz vibrar, Que me faz estremecer, Viver e aprender. És a minha musa inspiradora És a fonte da minha vida, do meu ser, Obrigado por seres quem és. Ricardo Vieira
Segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Vítor Constâncio não se demite

O governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio, garantiu  que não se demitirá na sequência do caso BPN, depois das críticas de todos os partido da oposição quanto á acção de supervisão do Bando de Portugal.

"Não pensem que eu me demitiria a pedido dos senhores deputados", afirmou Cosntâncio, na Comissão Parlamentar de Inquérito à Nacionalização do BPN (Banco Português de Negócios), que foi constituída em Novembro de 2008.

Vítor Constâncio respondia assim aos apelos da oposição, que pede a demissão do governador do Banco de Portugal e considerou que a sua demissão só pode acontecer quando é ele próprio culpado de actos ilegais,

"O meu lixo continua limpo como a minha vida está limpa", disse o governador do BdP.

"[Não me demito] pelo respeito que tenho junto dos meus pares na Europa, e junto dos técnicos do Banco de Portugal", acrescentou.

Vítor Constâncio foi nomeado governador do Banco de Portugal em Fevereiro de 2000 e foi reconduzido no cargo em Maio de 2006.

"O Banco de Portugal tem sido objecto de uma campanha com contornos políticos e desinformação sobre todos estes acontecimentos", disse Vítor Constâncio, numa declaração prévia à Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso BPN, que está a ouvir o governador deste organismo.

"Já pouco surpreende a opinião pública que alguns dos autores e cúmplices do que aconteceu no BPN tenham sido tratados [na comissão] com mais deferência e bonomia do que a demonstrada aos membros do Banco de Portugal", disse Vítor Constâncio.

"Isto é inédito e é indicador dos objectivos que sempre estiveram subjacentes às acções de vários membros desta comissão", acrescentou.

Respondendo aos deputados - como o comunista Honório Novo, Nuno Melo, do CDS-PP e João Semedo, do Bloco de Esquerda - que criticaram o facto do Banco de Portugal (BdP) não ter entregue à comissão de inquérito documentos julgados importantes, o que o supervisor não fez refugiando-se no que considerou ser a obrigação legal do segredo de supervisão e do segredo bancário.

"A violação desse segredo pode levar a um ano de prisão", justificou Vítor Constâncio. "Nunca houve falta de interesse ou de colaboração, simplesmente havia a estrita necessidade de obediência à lei", acrescentou.

O governador realçou ainda que "boa parte do processo que tem sido montado contra o BdP assenta em equívocos fundamentais sobre o que deve ser a supervisão".

Esta é a primeira vez que a Comissão Parlamentar de Inquérito à Supervisão Bancária ouve Vítor Constâncio. A Comissão do Orçamento e Finanças da Assembleia da República ouviu o governador em Setembro de 2008, onde Constâncio deu algumas primeiras respostas aos deputados sobre o caso BPN.

publicado por Ricardo Vieira às 11:42
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds